Publicado por: Chinelo de Meter o Dedo | Maio 22, 2009

Escalada em Penha Garcia

 

 Finalmente fomos conhecer a escola de escalada da Penha Garcia!!

Penha Garcia é uma freguesia de Idanha-a-Nova e a primeira impressão que temos mal saímos do carro é que viajamos no tempo.

Penha Garcia é uma pequena freguesia muito típica, com casas pequenas muito cuidadas (fruto de renovações), ruas estreitas repletas de canteiros floridos e gente extremamente simpática e prestável.

As ruas de Penha Garcia

As ruas de Penha Garcia

Ficamos automaticamente deslumbrados com esta primeira impressão e ainda nem sequer tínhamos visto tudo.

Começamos por ir matar o bicho que já roía as nossas barrigas. Num cafezito um pouco escondido, comemos umas fantásticas e gigantescas sandes de presunto e queijo (tudo produto regionais) num maravilhoso e tradicional pão do forno comunitário. Mais tarde, podemos visitar este forno e confirmar através do delicioso aroma que invadia o ar, que de facto ali se cozinhavam boas iguarias.

Forno comunitário

Forno comunitário

Pusemos pés ao caminho e encaminhamo-nos, por ruas labirínticas de uma beleza serena, em direcção ao castelo.

Aqui, do alto, pudemos admirar a fantástica vista do local para onde íamos escalar.

De facto, as autoridades efectuaram um belíssimo trabalho aqui. Recuperaram os moinhos tradicionais, que funcionam e onde se pode ficar a dormir, marcaram caminhos por entre o curso do rio, com pequenas pontes de madeira, canteiros, mesas de quartzito para quem quiser merendar, uma casa para mostra de fosseis (que proliferam ali) e até uma piscina natural. Tudo com muito gosto e cuidado para enquadrar todas estas ofertas no ambiente circundante.

Moinhos

Moinhos

Piscina natural

Piscina natural

 

Descemos a encosta em direcção às vias de escalada, porque no final, esse era o nosso objectivo.

Começamos por ir para o sector “Placa das Tartarugas”, pois é o sector com mais vias. Passamos aí todo o primeiro dia, a aquecer, a adaptarmo-nos ao estilo de escalada, a desfrutar das longas vias e a experimentar as vias de 2 largos.

O Alcino no sector "Placa das Tartarugas"

O Alcino no sector "Placa das Tartarugas"

 
 
Penha Garcia é uma escola de escalada em quartzito, onde abundam as fissuras e regletes, exigindo uma escalada em placas téncicas, fissuras e extraprumos atléticos. Tem 5 sectores, perfazendo um total de 40 vias, de um e dois lances. A altura das vias varia entre os 8 e os 45 metros e os graus entre o III e o 7c.
 
O Sérgio numa via de 2 largos de clássica

O Sérgio numa via de 2 largos de clássica

 

Ao final da tarde o Nuno, a Susana e o Guterres vieram ter connosco e fomos jantar a um restaurante da região, ou não estivéssemos nós em local de boa comida e bebida.

Resolvemos bivacar na gruta que o senhor que cuida do local no indicou. Tal decisão veio a revelar-se um grande “filme”. A Susana, o Nuno e o Guterres decidiram montar ali a tenda, mas nós achamos que não valia a pena e que seria melhor bivacar, afinal não estava frio.

Os filmes começaram… Levantou-se muito vento o que me fez cismar que andava alguém por ali; um sapo enorme entrou no saco cama do Alcino, a Benilde tinha os pés frios, o que viemos a descobrir que era por ter a parte de baixo do saco cama aberto…

Resumindo… Eu e o Sérgio acabamos a montar a tenda, o Alcino e a Benilde foram dormir para o carro e assim se passou uma noite, com 2 ou 3 horas de sono bem dormido.

Mas não foi uma noite mal dormida que nos demoveu!

De manhã, de pequeno-almoço tomado no café das super sandes, lá fomos nós outra vez “trepar paredes”.

Resolvemos mudar de sector e experimentar o sector “Marrocos”.

Este, com um estilo de escalada um pouco mais ao estilo dos rapazes, lá deu para desfrutar um pouco mais da escalada.

Ainda deu para dar uma saltada ao sector “Placas do Rio” e, para terminar o dia, ao sector “Cabeça do Nico”. Pelo meio, ainda fomos merendar na piscina natural.

O Sérgio no sector "Marrocos"

O Sérgio no sector "Marrocos"

 
A Benilde em acção :-)

A Benilde em acção

 

Penha Garcia é um local a visitar e a voltar. Tem uma beleza incrível, uma simpatia contagiante e um encanto apelativo.

Em termos de escalada, desfrutamos bastante e divertimo-nos muito. Apesar de não ter muitas vias (o Sérgio já as fez quase todas), deu para todos encontrarem as vias mais ao seu gosto, inclusive a mim, que acabei por encadear o meu primeiro 6b!🙂

A minha alegria no final do 6b

A minha alegria no final do 6b

 

Informações:

http://www.cm-idanhanova.pt/turismo/pdf/escola_escalada.pdf

http://www.cm-idanhanova.pt/freguesias/penha_garcia.html

Para dormir nos moinhos é necessário avisar no Posto de Turismo.


Responses

  1. Hey! Há uns tempos que eu e uns colegas queremos ir escalar a penha garcia e agora que vejo que vocês já foram “suplico” que nos transmitam algumas informações.
    1ª Para ir escalar é chegar com o material e começar a escalar ou é necessário algum permisso?
    2ª Lá emprestam material ou convém levar?
    3ª Para pernoitar nos tais moinhos paga-se algo?
    Acho que é só. Agradecia imenso se soubessem responder a estar perguntinhas. Cumprimentos e boas aventuras!

  2. Temos muitos turistas que querem fazer escalada , e nos perguntam aonde fazer, gostavamos de colaborar convosco , estamos na pousada de Monsanto.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: